sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Ofício Divino

A vida é liturgia


            Quando as pessoas trabalham para ganhar a vida e para melhorar o mundo, estão continuando o ato de amor pelo qual Deus, iniciou a criação. Somos convidados a fazer do nosso trabalho um serviço a Deus e ao povo. Neste sentido, todo trabalho é coisa de Deus, todo "ofício" é "divino", toda a nossa vida é liturgia. Basta que a gente aja e viva em comunhão com Jesus Cristo, realizando a vontade do Pai, dando a vida pelos irmãos, na força do Espírito Santo.
            Como todo amor supõe expressões, a relação com Deus pede para ser celebrada.  Por isso, muitas pessoas sentem necessidade de tirar  uma parcela do seu tempo para investir na celebração desta vida.
            Ao trabalho comunitário de louvar e dar graças ao Senhor porque Ele é bom, costumamos chamar, desde tempos antigos, de Ofício Divino por excelência. O nome indica: "o trabalho de Deus", Deus agindo na gente e no mundo. É a proclamação do que Deus faz por nós, e por meio de nós, mais do que o nosso serviço de culto a Ele.
 

Por que celebrar o Ofício Divino?

            Desde o início as comunidades cristãs se reúnem para cantar os salmos e proclamar o louvor de Deus, em nome de toda a criação e da humanidade. Fazendo isso, somos as testemunhas encarregadas de proclamar e cantar as maravilhas daquele que nos libertou do poder das trevas e nos introduziu no reino da luz (Cf 1 Pedro 2, 10).
            Esta oração do povo de Deus é a própria oração de Jesus Cristo, que se prolonga na Igreja. Nela expressamos por palavras e gestos, que as horas do dia, o nosso viver, toda a criação e toda a história pertencem a Deus.


O ofício divino e a liturgia das horas

            O Ofício Divino das Comunidades é uma tentativa de inculturação da Liturgia das Horas, não apenas simplificada em uma versão mais breve, mas transformada num jeito de rezar que sirva melhor às nossas comunidades. Ele possibilita que nos situemos na grande tradição litúrgica e ao mesmo tempo, nos insere na realidade cultural e religiosa do povo.


O Ofício divino na vida das comunidades

            O Ofício Divino das Comunidades, na experiência destes anos, que decorreram desde a primeira edição, tem ajudado as comunidades no Brasil a organizarem melhor a oração comunitária, oferecendo uma referência importante para a vida de oração.
            Cantando os salmos, escutando a Palavra de Deus e respondendo na  prece, as comunidade recebem força para dar testemunho do Cristo libertador..   
            Por isso, convidamos você também a dedicar algo do seu tempo diário, para esta experiência de oração, junto com seus irmãos e irmãs, ou mesmo sozinho(a), para , em comunhão com todas as Igrejas cristãs e também com grupos religiosos que de outros modos buscam a Deus, escutar a Palavra de Deus nos acontecimentos da vida, iluminados pela Sagrada Escritura e responde-lhe pelo louvor e pelas preces de todo o povo.

(Cf. Introdução do Oficío Divino das Comunidades - Paulus, 9ª ed. São Paulo, 1994)

A  seguir a partitura melodia de abertura para o Oficio da Manhã como proposta para as comunidades que celebram o ofício divino.
Música de Raimunda Miranda (Rai), recolhido na 25ª Semana de Liturgia, São Paulo, outubro de 2011.




Ouça aqui Abertura do Ofício - Ofício da Manhã
Música: Raimunda Miranda (Rai)






OUÇA AQUI: Abertura do Ofício da Manhã! - ouça com fone de ouvido!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário